Vertigem Posicional Paroxística Benigna (VPPB)

Cultive esses 3 hábitos saudáveis e viva melhor!
26 de março de 2019

Vertigem Posicional Paroxística Benigna (VPPB)

Vertigem posicional paroxística benigna, ou VPPB, é um distúrbio comum, que causa curtos episódios de vertigem (uma sensação falsa de movimento ou giro) em resposta a mudanças na posição da cabeça que estimulam o canal semicircular posterior do ouvido interno.

As pessoas sentem momentaneamente (geralmente por menos de um minuto) como se elas ou seu ambiente estivessem se movendo ou girando, quando elas movem a cabeça. Também podem se sentir nauseadas e vomitar e seus olhos podem se mover anormalmente.

Os médicos baseiam seu diagnóstico em sintomas e situações em que ocorrem e em um exame físico. A manobra de Epley, realizada uma ou duas vezes, alivia os sintomas na maioria das pessoas.

Pessoas com vertigem têm uma falsa sensação de que elas, seu ambiente, ou ambos estão se movendo ou girando. A maioria das pessoas descreve essa sensação desagradável como “tontura”, embora as pessoas frequentemente também utilizem a palavra “tonto” para outras sensações, como estando atordoado. A vertigem “posicional” significa que a vertigem surge quando a pessoa muda a posição, por exemplo, estar deitada na cama e virar a cabeça. “Benigna” significa que o distúrbio não é perigoso.

A VPPB afeta as pessoas de maneira cada vez mais frequente à medida que envelhecem e podem afetar gravemente o equilíbrio em pessoas mais velhas, o que pode levar a quedas e possivelmente lesões.

A VPPB é facilmente tratada. As partículas simplesmente precisam ser movidas para fora do canal semicircular posterior e para a parte do ouvido onde elas não causem sintomas. Fazer isso requer uma manobra tipo cambalhota da cabeça, chamada de manobra de reposicionamento canalicular, como a manobra de Epley. Essa manobra melhora imediatamente a vertigem em cerca de 90% das pessoas. Repetir a manobra pode ajudar mais algumas pessoas. Em algumas pessoas, a vertigem é recorrente. Se isso ocorrer, a manobra é repetida. As pessoas podem ser ensinadas a fazer a manobra em casa em caso de vertigem recorrente. Embora o canal semicircular posterior seja mais comumente afetado pela VPPB, ocasionalmente o canal lateral é afetado, e as pessoas podem rolar em torno de si mesmas como um tronco para aliviar os sintomas. Se as manobras de reposicionamento não funcionarem, os médicos geralmente procuram outros distúrbios, mais graves, que possam ser a causa dos sintomas.