Tontura no Idoso

Atualizações em Otologia
25 de outubro de 2018

Tontura no Idoso

A tontura é uma queixa muito comum na população da terceira idade e é uma das principais causas que levam à queda nos idosos. Várias são os fatores que contribuem para essa tontura.

Com o envelhecimento, o sistema responsável pelo equilíbrio também vai diminuindo a sua função. Os músculos que nos sustentam, vão enfraquecendo. As articulações do quadril, dos joelhos e tornozelos vão desgastando, e como consequência, comprometem na função de nos manter em pé e de caminhar. A sensibilidade da sola dos pés vai diminuindo, dificultando na percepção se estamos pisando no duro, na espuma, etc. A visão já não é a mesma, o que dificulta em fixarmos um objeto para nos mantermos equilibrado, por isso no escuro o equilíbrio piora. Não temos a mesma agilidade para nos recuperarmos de um tropeção. A diabetes, hipertensão arterial podem piorar estas condições anteriores. E o idoso muitas vezes faz uso de vários remédios e alguns medicamentos podem também causar tontura.

Assim, é importante investigarmos as causas que podem estar contribuindo para a tontura para evitarmos a queda e como consequência, hospitalizações, cirurgias e até morte.

Algumas dicas para evitarmos queda:

  • Faça exames oftalmológicos e físicos anualmente, em específico para detectar a existência de problemas cardíacos e de pressão arterial;
  • Elimine de sua casa tudo aquilo que possa provocar escorregões e instale suportes, corrimão e outros acessórios de segurança;
  • Use sapatos com sola antiderrapante, evite sapatos altos;
  • Substitua os chinelos que estão deformados ou estão muito frouxos;
  • Mantenha uma lista atualizada de todos os medicamentos que está tomando ou que costuma tomar, e as dê para os médicos com quem faz consulta;
  • Nunca ande só de meias;
  • Coloque uma lâmpada, um telefone e uma lanterna perto de sua cama;
  • Durma em uma cama na qual você consiga subir e descer facilmente (cerca de 55 à 65 cm);
  • Os armários devem ter portas leves e maçanetas grandes para facilitar a abertura, assim como iluminação interna para facilitar a localização dos pertences;
  • Dentro do seu armário, arrume as roupas em lugares de fácil acesso, de preferência evitando os locais mais altos;
  • Substitua os lençóis e o acolchoado por produtos feitos por materiais não escorregadios, como, algodão e lã;
  • Instale algum tipo de iluminação ao longo do caminho da sua cama ao banheiro;
  • Organize os móveis de maneira que você tenha um caminho livre para passar sem ter que ficar desviando muito;
  • Mantenha as mesas de centro, porta revistas, descansos de pé e plantas fora da zona de tráfego;
  • Instale interruptores de luz na entrada das dependências de maneira que você não tenha que andar no escuro até que consiga ligar a luz. Interruptores que brilham no escuro podem servir de auxílio;
  • Ande somente em corredores, escadas e salas bem iluminadas;
  • Não acumule ou deixe caixas próximas do caminho da porta ou do corredor;
  • Mantenha fios de telefone, elétricos e de ampliação fora das áreas de trânsito, mas nunca debaixo de tapetes;
  • Não deixe extensões cruzarem o caminho; reorganize a distribuição dos móveis;
  • Coloque nas áreas livres tapetes com as duas faces adesivas ou com a parte de baixo não deslizante;
  • Não sente em uma cadeira ou sofá muito baixo, porque o grau de dificuldade exigido para se levantar é maior, sendo que estes devem ser confortáveis e com braços;
  • Remova os tapetes que promovem escorregões;
  • Limpe imediatamente qualquer líquido, gordura ou comida que tenham sido derrubados no chão;
  • Armazene a comida, a louça e demais acessórios culinários em locais de fácil alcance;
  • As estantes devem estar bem presas à parede e ao chão para permitir o apoio do idoso quando necessário;
  • Não suba em cadeiras ou caixas para alcançar os armários que estão no alto;
  • No piso, utilize ceras que após a aplicação não deixem seu piso escorregadio;
  • Coloque um tapete antiderrapante ao lado da banheira ou do box para sua segurança na entrada e saída;
  • Instale barras de apoio nas paredes do seu banheiro;
  • Mantenha algum tipo de iluminação durante as noites;
  • Ao tomar banho, utilize uma cadeira de plástico firme com cerca de 40 cm, caso não consiga se abaixar até o chão ou se sinta instável.