10 cuidados que você deve ter para manter a voz saudável

Barulho excessivo nas festas de fim de ano pode afetar audição
27 de dezembro de 2019
Perda auditiva é a quarta maior causa de deficiência no mundo
6 de fevereiro de 2020

Muita gente não leva a sério e acha que não é preciso cuidar da voz, até sentir aquela rouquidão, dor na hora de falar, aspereza, tosse ou a garganta coçando. O cuidado e atenção com esse instrumento de comunicação não deve se limitar apenas a quem trabalhar com ele.

 

As principais estruturas responsáveis pela produção vocal são as pregas vocais. Elas ficam localizadas na laringe e para que a voz seja produzida, é necessário que o ar, vindo dos pulmões durante o ato de expiração, passe pelas pregas vocais, fazendo com que elas vibrem. Essa vibração ou som é o que chamamos de voz.

 

Algumas atitudes que costumamos tratar como normal, muitas vezes, provocam problemas na voz, como falar muito alto ou em ambiente muito ruidoso, tensão e/ou esforço ao nível de pescoço e ombros durante a fala, falar durante longos períodos de tempo e pigarrear excessivamente.

 

Doenças da voz

Entre as doenças que podem desencadear problemas de saúde, devido ao mau uso da voz, são os nódulos vocais, pólipos e cistos, disfonia e laringite. Os sintomas incluem rouquidão, voz soprosa e falhas na voz. Além de garganta seca, necessidade de pigarrear, que tendem a progredir por dias ou semanas. No caso de problemas vocais, é muito importante buscar ajuda com um fonoaudiólogo ou um médico otorrinolaringologista.

 

Para combater problemas com a voz é preciso tomar alguns cuidados, veja 10 dicas para manter uma voz saudável:

 

  1. Lembre-se de beber muita água;

 

  1. Evite falar excessivamente, faça pausas ao longo do dia (repouso vocal) e dê intervalos enquanto fala;

 

  1. Evite falar em local muito ruidoso, espere diminuir o barulho para continuar sua fala;

 

  1. Evite pigarrear, devendo substituir por tosse ou deglutir a saliva;

 

  1. Evite falar muito durante estados gripais ou crises alérgicas;

 

  1. Aqueça sua voz, preparando os músculos para a produção da voz;

 

  1. Relaxe a garganta fazendo exercícios de desaquecimento após falar por mais tempo;

 

  1. Em alguns casos, pastilhas e balas em geral devem ser evitadas porque causam uma sensação de alívio imediato e você pode não perceber que está falando com esforço;

 

  1. Fumar, pois o fumo irrita a mucosa das pregas vocais;

 

  1. Coma alimentos como maçã e frutas cítricas, que tem propriedade adstringente e favorecem a limpeza e lubrificação.

 

Fonte: Minha Saúde Hapvida